QUEM TRABALHOU E AINDA TRABALHA PARA DESACREDITAR A EXISTÊNCIA DO PURGATÓRIO?

A pergunta poderia ser mais abrangente. Poderia ser:

QUEM TRABALHOU E AINDA TRABALHA PARA DESACREDITAR TODAS AS VERDADES DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO, UMA A UMA?

Como estamos no mês de novembro, mês que a Igreja dedica tradicionalmente às Almas do Purgatório, procuremos entender porque o sistema social do Anticristo usa os meios de comunicação para que as Almas do Purgatório sejam esquecidas.

Há apenas alguns anos, a maioria de nós, católicos, chamávamos o mês de novembro de “Mês das Almas”. Para combater a tradição católica, destruir o hábito de se rezar pelas Almas do Purgatório, Satanás atacou com todas as forças. Além da mídia mundana, ele usa várias igrejas que fundou na Terra.

As igrejas que o Anticristo fundou se dedicam a fazer cursos, pregações, músicas; escrever livros; alimentar redes sociais com discursos contra a Igreja Católica e a Doutrina de Jesus que a Igreja ensina.

Através da mídia, as necessidades das Almas do Purgatório e sua existência são combatidas com a propaganda de que novembro é voltado para a saúde do homem em geral, principalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e da pele. Com o objetivo de ocupar o mês de novembro todo com diversas comemorações em prol da saúde do homem, criaram o “Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata”.

Com a finalidade de ocupar todo o mês de novembro, de modo que a Doutrina do Purgatório seja esquecida e que não se tenha tempo para falar do Purgatório, o sistema do Anticristo usa a mídia, dizendo para o mundo que o mês de novembro é mês de conferir as previsões do horóscopo para se preparar para as festas de natal e fim de ano, e para novos negócios.

A mídia diz que mês de novembro é mês de:

  • Fazer festas e comemorar a Instituição do direito e voto da Mulher.
  • Fazer festas e comemorar o Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher.
  • Fazer festas e comemorar o Dia Nacional do Riso.
  • Fazer festas e comemorar o Dia Mundial da Gentileza.
  • Fazer festas e comemorar o Dia das Saudações.
  • Fazer festas e comemorar o Dia Mundial de Combate a Diabetes.
  • Fazer festas e comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra.
  • Fazer festas e comemorar o Dia do Estatuto da terra.

POR SER ESPÍRITO, SATANÁS TRABALHA NA ATEMPORALIDADE

O sistema do Anticristo em atividade na Terra vem se preparando desde quando o bom anjo se transformou em mau anjo e foi expulso do Céu. A Palavra de Deus diz que:

“Houve uma batalha no Céu. Miguel e seus anjos tiveram de combater o Dragão. O Dragão e seus anjos travaram combate, mas não prevaleceram. E já não houve lugar no Céu para eles. Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva Serpente, chamado Demônio e Satanás, o sedutor do mundo inteiro. Foi precipitado na terra, e com ele os seus anjos. (…)

“Ó terra e mar, cuidado! Porque o Demônio desceu para vós, cheio de grande ira, sabendo que pouco tempo lhe resta. O Dragão, vendo que fora precipitado na terra, perseguiu a Mulher que dera à luz o Menino.

Mas à Mulher foram dadas duas asas de grande águia, a fim de voar para o deserto, para o lugar de seu retiro, onde é alimentada por um tempo, dois tempos e a metade de um tempo, fora do alcance da cabeça da Serpente.

A Serpente vomitou contra a Mulher um rio de água, para fazê-la submergir. A terra, porém, acudiu à Mulher, abrindo a boca para engolir o rio que o Dragão vomitara.

Este, então, se irritou contra a Mulher e foi fazer guerra ao resto de sua descendência, aos que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus. E ele se estabeleceu na praia”.

(Ap 12, 7-18)

QUEM É A MULHER, O MENINO E O RESTO DOS DESCENDENTES CITADOS PELO APOCALIPSE?

A Mulher é Maria, o menino que Maria deu à luz é Jesus, o resto dos descendentes de Maria são os homens que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus.

Eis uma realidade que muitas pessoas no mundo não conhecem e outras conhecedoras do assunto tentam evitar pensar. A realidade de que todos os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus estão sofrendo ataques de guerra por parte de Satanás e seus demônios.

A realidade é que estamos em guerra. Satanás quer as almas dos homens. Para conquistar as almas que quer, ele usa diversas táticas de guerra, sendo uma de suas preferidas, convencer os homens que ele não existe; de que a história da invenção de sua existência deve ser esquecida; de que ele é apenas um desenho de um personagem vermelho com rabo e chifres no papel que alguém desenhou.

Outra arma de guerra é desacreditar a Igreja que Jesus fundou em Pedro. Ele lembra e entende melhor do que qualquer homem a ação de Jesus quando Jesus falou para Pedro:

“E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.”

(Mt 16,18)

Neste dia, Satanás tremeu. Ele viu a fundação de um domínio poderoso, indestrutível na Terra.  Ele entendeu que esse império estava unido ao Céu e ao Purgatório. Ele escutou Jesus dizendo a Pedro:

“Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na Terra será ligado nos Céus, e tudo o que desligares na Terra será desligado nos Céus.”

(Mt 16,19)

O maligno entendeu muito bem – e melhor do que qualquer pessoa – que quando Jesus “aboliu o antigo regime e estabeleceu uma nova economia” (Hb 10,9), ele (Satanás) não poderia mais possuir e governar as pessoas sem a permissão delas; que lhe seria muito difícil governar os países e (por sua vez) o mundo, se antes não atrapalhasse a Igreja; se não criasse desordem moral para colher escândalo institucional; se não colocasse seus servos dentro da Igreja Católica que Jesus tinha acabado de fundar em um homem, entregando a esse homem as chaves do Reino dos Céus.

Ele sabia que não poderia destruir o Sagrado Santuário, pois ouviu a Palavra de Jesus ao afirmar que as portas do Inferno não prevalecerão contra a Igreja. Ele, então, viu que tudo o que poderia fazer em sua maldade era sentir o prazer maligno de trabalhar para confundir, atrapalhar, perturbar os ensinamentos de Jesus, usando como instrumentos os homens que ele escolheria e colocaria dentro da Igreja e dentro dos governos dos países como seus servos. Ele entendeu que não poderia governar os países em um governo mundial, se antes não fizesse com que os homens da Igreja fossem outros Judas Iscariotes. Sem traidores de Jesus, ele nada conseguiria contra a Igreja. Sem traidores da Igreja, ele não levaria os homens a negar Jesus.

Pela vontade e planejamento de Satanás, ele já estaria reinando através de um governo mundial há milênios, mas quem está no controle de todas as coisas é Deus. Por isso, as coisas não acontecem como Satanás quer. 

Sentindo-se impotente diante dos muitos fracassos que vem tendo ao longo da história do homem sobre a Terra, ele se vê obrigado a refazer seus planos século a século. Porém, sempre que Deus escolhe um homem de dentro da Igreja que Jesus fundou em Pedro para, por meio dele, realizar seus planos; esse homem sozinho é o bastante para atrapalhar, atrasar, impedir e até destruir os séculos de planejamento e execução dos planos de Satanás nas religiões e governos dos homens na Terra.

NÃO É FÁCIL A SATANÁS LUTAR CONTRA OS ESCOLHIDOS DE DEUS

Ele entende bem o que muitos homens não entendem. Ele entende melhor do que muitos o que significam as Palavras de Deus, quando Deus disse:

“Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre toda a Terra, e sobre todos os répteis que se arrastem sobre a terra.”

(Gn 1,26)

Ele entendeu e temeu o homem criado à imagem e semelhança de Deus pelo próprio Deus. No decurso do tempo, ele foi escutando o que Deus falava. Quando Deus falava sobre o Salvador, ele ficava atento, muito atento a cada palavra dita por Deus por meio dos profetas.

Ouvindo e repensando sobre elas, ele entendeu que o Salvador, quando viesse, viria com um corpo e uma alma criados por Deus; que esse homem seria concebido por uma Virgem. Como seria concebido, ele não sabia; mas sabia, pelas profecias, que o Salvador do homem viria de uma Virgem.

Entendeu que Deus não criaria o Deus Salvador, pois Deus não pode ser criado. Entendeu que Deus daria à natureza divina – que não pode deixar de ser Deus – um corpo e uma alma semelhantes aos dos homens; para que, em sua humanidade, pudesse assumir a culpa dos homens e salvá-los.

Existe “um só e mesmo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, perfeito em sua divindade e perfeito em sua humanidade; verdadeiro Deus e verdadeiro homem, composto de alma racional e de corpo, consubstancial ao Pai, segundo a divindade, consubstancial a nós segundo a humanidade, ‘semelhante a nós em tudo, com exceção do pecado’ (Hb 4, 15); gerado pelo Pai antes de todos os séculos segundo a divindade e, nestes últimos dias, para nós e para a nossa salvação, nascido da Virgem Maria, Mãe de Deus, segundo a humanidade”.

(Concílio da Calcedônia, ano 451)

Deus gerou a alma, a humanidade de Jesus Cristo, que verdadeiramente é homem e também é verdadeiramente Deus.

“E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos sua glória, a glória que o Filho único recebe do seu Pai, cheio de graça e de verdade.”

(Jo 1,14)

Deus criou o espírito e a humanidade de Pedro e de cada um dos Apóstolos.

Deus criou o espírito e a humanidade de Maria, Mãe de Jesus e de São José.

“A Igreja ensina que cada alma espiritual é criada por Deus de modo imediato (233) e não produzida pelos pais; e que é imortal (234), isto é, não morre quando, na morte, se separa do corpo; e que se unirá de novo ao corpo na ressurreição final.”

(Catecismo da Igreja Católica, 366)

Deus criou o espírito e a humanidade de diversos santos que a Igreja canonizou e de muitos outros que foram santos na Igreja, mas que só eram conhecidos por Deus. O mundo não soube de suas obras, nem de suas existências. Quem foram os que tiveram o chamado divino de viver servindo a Deus com grande santidade e poder de Deus na Terra e no Céu, mas sem aparecerem diante dos homens? Só Deus sabe.

A ALEGRIA MALIGNA DO MALIGNO

Infelizmente, dentre os homens que Deus criou em espírito e humanidade, houve e há aqueles que foram e são homens a quem Satanás conseguiu seduzir e os usa no trabalho de construir o reino dele na Terra. Muitos destes homens ficaram famosos e conhecidos por suas vidas artísticas, outros por seus governos corruptos e ditatoriais, outros serviram e servem a Satanás sem serem conhecidos pelo mundo.

A PREOCUPAÇÃO DO MALIGNO

Satanás vive vendo e sentindo a cada dia da vida dos homens neste mundo, que nada acontece sem a vontade ou permissão de Deus. Apesar disso, sua índole orgulhosa e perversa, sem possibilidade de reversão, não o deixa desistir e o impele a continuar tentando governar a vida particular de cada homem; para, assim, governar grupos de homens; e consequentemente governar cidades, países e o mundo; mas ele sabe que sem a ajuda do homem, ele não consegue escravizar e depois destruir o homem. Por isso ele vem, há séculos, dando aos homens que o servem em cada geração, os seus planos e obras, com as instruções de irem formando seguidores antes de morrerem.

Desse modo, as instituições do Inferno vêm perdurando na Terra. Estas instituições são as bases de apoio; verdadeiros acessórios ao seu fundamento, que é e está no Inferno. Nestas instituições, que estão em cada segmento da sociedade mundial, Satanás vem planejando, organizando e executando diversos planos para o estabelecimento do reinado do Anticristo na Terra.

Em todos os dias, todos meses, ele ataca de diversos modos. No mês de novembro ele ataca em diversas frentes, sendo uma delas o ataque conta a existência do Purgatório. Ele sabe que, quando rezamos pela libertação das Almas do Purgatório, nós estamos dando à Santíssima Trindade grande alegria.

Ele sabe que cada alma que tiramos do Purgatório – ou a aliviamos – com nossa orações, Missas, comunhões, confissões, esmolas, jejuns, penitências, sacrifícios, faz com que tenhamos eternos amigos que estarão intercedendo por nós; pois é impossível às almas do Purgatório serem ingratas.

Rezar pelas Almas do Purgatório não é uma ajuda só para elas, é ajudar-nos a nós mesmos e ajudar nossa família e as pessoas por quem oramos.

Rezar pelas Almas do Purgatório

Infelizmente o maligno conseguiu fazer com que, até no Dia de Finados, as pessoas deixassem de ir aos cemitérios e oferecer a Missa e a Comunhão pelos que já faleceram. As pessoas se esqueceram muito rapidamente de seus familiares que morreram; os quais podem estar no Purgatório lhes pedindo orações.

No Dia de Finados, pessoas estão indo se divertir nas praias, casas de campo, shoppings, bares, restaurantes, cinemas, em esportes e em diversos outros modos de passeio e diversão. Enquanto isso, seus familiares e outras almas sofrem no Purgatório, para onde um dia essas pessoas poderão ir sofrer as mesmas penas. Lá, em meio a tormentos, estarão necessitadas de orações; desejarão recebê-las, e não receberão. Só então, irão se lembrar de que, quando viviam na Terra, não se lembravam de orar pelas Almas do Purgatório.

São João Crisóstomo dizia:

“Pelos vossos defuntos, para demonstrar-lhes vosso amor, não ofereçais apenas violetas, mas, sobretudo, orações; não cuideis apenas das pompas fúnebres, mas sufragai-os com esmolas, indulgências e obras de caridade; não vos preocupeis apenas com a construção de tumbas suntuosas, mas especialmente com a celebração do santo sacrifício da Missa. As manifestações externas são um alívio para vós, as obras espirituais são um sufrágio para eles, por eles esperado e desejado.”

(São João Crisóstomo)

“Durante a celebração da Santa Missa, quantas almas são libertadas do Purgatório! Aquelas pelas quais se celebra não sofrem, aceleram a sua expiação ou voam logo para o Céu, porque a Santa Missa é a chave que abre duas portas: aquela do Purgatório, para de lá sair, e aquela do Paraíso, para nele entrar para sempre.”

(São Jerônimo)

A BÊNÇÃO DA TRIPLICAÇÃO

Por nossas orações, e por tudo o que fizermos pelas almas do Purgatório, nós receberemos triplicado, se um dia estivermos lá?

Digo que receberemos mais do que o que entendemos por triplicação, pois receberemos segundo a misericórdia de Deus, que recompensa grandemente, de modo inimaginável, o menor dos menores atos de amor.

Deus, que é bom, misericordioso e poderoso, abençoe-nos e nos abençoe mais.
J.V.

4 comentários

  1. Almas santas e benditas rogai a Deus por nós que rogaremos a Deus por vós! Perdão senhor por todas as vezes que esqueci de rezar pelas almas e dai-me a graça de sempre rezar por elas.

  2. Louvo a Deus pela Vocação de Jesus que me ensinou e ter essa santa devoção as Santas e Benditas almas do purgatório. Rezo todos os dias por elas com muito amor.

Escreva seu comentário