No ano de 1927, no Egito, foi encontrado um fragmento de um papiro do século III d.C.. Neste fragmento, estava escrito a mais antiga oração a Nossa Senhora que se conhece: “Sub tuum praesidium” (À Vossa proteção).

Esse achado possui uma grande importância história, pois faz uma clara referência ao tempo de perseguição da Igreja nos primeiros séculos (“…livrai-nos de todo perigo…”) e uma particular importância teológica, pois demonstra como os primeiros cristãos já recorriam à intercessão de Maria sob o título de “theótokos“, Mãe de Deus.

No mês de Outubro de 2018, o Papa Francisco pediu para rezarmos este hino junto com o Rosário e a Oração de São Miguel pedindo a unidade da Igreja diante de diversas acusações e perseguições. No seu comunicado oficial disse que “os místicos russos e os grandes santos de todas as tradições aconselharam, em momentos de turbulência espiritual, a se abrigar sob o manto da Santa Mãe de Deus pronunciando a invocação ‘Sub Tuum Praesidium'”.

ORAÇÃO

À vossa proteção recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas
em nossas necessidades;
mas livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó Virgem gloriosa e bendita.
Amém.


MAIS ORAÇÕES

SUB TUUM PRAESIDIUM (VERSÃO EM LATIM)

Sub túum praesídium confúgimus,
Sáncta Dei Génetrix;
nóstras deprecatiónes ne despícias
in necessitátibus nóstris,
sed a perículis cúnctis líbera nos sémper,
Vírgo gloriósa et benedícta.
Ámen.