VOCAÇÃO DE JESUS!
Deus seja amado com todas as forças de nosso coração e de nossa alma.

CHEGAMOS AO FIM DOS TEMPOS?
2021 OU 2022 SERÁ O ANO DO CASTIGO DE DEUS?

Antes de responder, faço umas perguntas:

  • É mais importante saber a data do fim dos tempos e o ano do castigo de Deus, ou é mais importante se preparar espiritualmente para o cumprimento dessas datas?
  • Quero saber a data para começar a me preparar somente quando estiver mais perto o dia do castigo e o fim dos tempos?
  • Se minha vida não agrada a Deus, que me adianta saber a data, se eu não quero deixar de viver como estou vivendo?
  • Se eu não me arrepender de meus pecados, se não levar vida de Sacramentos, oração, jejum, sacrifícios; se não começar a me voltar para Deus de todo o coração agora, que me adianta saber a data?
  • Por que não estamos dispostos a renunciar nossa vontade para fazer a vontade de Deus?
  • O que acontecerá se o dia do fim do tempo chegar, e estivermos vivendo sem buscar a vontade de Deus?

Ninguém sabe quando será o dia do castigo e o dia do fim do tempo, só Deus sabe. O que deve ocupar nossa atenção é querer saber como viver de modo que esse dia não nos pegue de surpresa. 

Jesus disse: 

“Passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. A respeito, porém, daquele dia ou daquela hora, ninguém o sabe, nem os anjos do céu, nem mesmo o Filho, mas somente o Pai.

Ficai de sobreaviso, vigiai; porque não sabeis quando será o tempo.

Será como um homem que, partindo em viagem, deixa a sua casa e delega sua autoridade aos seus servos, indicando o trabalho de cada um, e manda ao porteiro que vigie.

Vigiai, pois, visto que não sabeis quando o senhor da casa voltará, se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã, para que, vindo de repente, não vos encontre dormindo. O que vos digo, digo a todos: vigiai!”

(Mc 13, 31-37)

SE NINGUÉM SABE QUANDO SERÁ O FIM DO TEMPO, TEMOS COMO SABER AS CIRCUNSTÂNCIAS DA APROXIMAÇÃO DELE?
Sim. Eis alguns sinais dados por Jesus para observarmos e vermos que “o Filho do homem está próximo, às portas” (inspirado no capítulo 13 do Evangelho de São Marcos):

  1. A terra estará cheia de enganadores usando o Nome de Jesus;
  2. Os enganadores fundarão muitas igrejas e religiões para combater a Igreja Católica, que Jesus fundou em Pedro;
  3. Milhões de pessoas estarão se deixando enganar;
  4. Haverá guerras e rumores de guerra;
  5. Nação contra nação e reino contra reino;
  6. Tremores de terra e terremotos em diversos lugares;
  7. Fome.

Até aqui será apenas o princípio das dores. Na sequência, virá a perseguição direta contra os católicos.

Mapa com os países onde há mais perseguição aos católicos

  1. Muitos católicos serão presos, outros açoitados, outros mortos por causa do Nome de Jesus, para, assim, testemunhar com palavras e com a vida (se for pedida) que Jesus é Deus, Senhor e Salvador de todos os que quiserem se salvar;
  2. No mundo inteiro haverá perseguição aos católicos, que ocasionará a pregação do Evangelho em todo o mundo;
  3. O Espírito Santo estará no coração, mente e boca dos católicos quando, presos, forem interrogados;
  4. O ódio crescerá no mundo sem Deus. Pais, sem Deus, entregarão seus filhos aos perseguidores e assassinos de católicos; os filhos, sem Deus, denunciarão seus pais e irmãos. Haverá quem mate seus próprios familiares. Pais matando filhos, filhos matando pais, irmãos matando irmãos;
  5. Com o crescimento da maldade, muitos católicos abandonarão sua fé, mas um pequeno resto perseverará para o seu bem e salvação;
  6. A tribulação aumentará a tal ponto que Deus, para salvar os escolhidos, abreviará seus dias;
  7. No auge da tribulação, surgirão muitos falsos cristos e falsos profetas enviados por Satanás com poder de realizar sinais e portentos, querendo seduzir até os escolhidos. Eles se farão passar por servos de Deus, dizendo que Jesus está em tal local. Quem acreditar neles será preso por Satanás;
  8. A geração que presenciar essas coisas será a geração que verá a segunda vinda de Jesus;
  9. Depois destes dias de grande sofrimento na terra, o sol se escurecerá, a lua não dará o seu resplendor; cairão os astros do céu e as forças que estão no céu serão abaladas;
  10. No meio do caos, Jesus voltará. Todos verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória. Ele enviará os anjos e reunirá os seus escolhidos dos quatro ventos, desde a extremidade da terra até a extremidade do céu.

MUITOS NÃO CONSEGUIRÃO PASSAR PELA PORTA ESTREITA SE NÃO SE PREPARAREM AGORA

“Procurai entrar pela porta estreita; porque, digo-vos, muitos procurarão entrar e não o conseguirão”

(Lc 13, 24)

Diante do que vai acontecer, como conseguirá ser fiel até o fim, o católico que, nestes tempos, ao invés de estar se dedicando mais à vida oracional, está mais dedicado à vida material?

Essa pessoa deve abandonar as responsabilidades da vida material para se salvar?

Não. A irresponsabilidade é uma insensatez, uma asneira com graves consequências. Refiro-me a ser responsável colocando a vida em ordem. Primeiro cuidamos de nossa vida espiritual. Se fizermos isso, por consequência, nossa vida material estará em ordem, pois usaremos nosso trabalho, lazer, etc, sempre com toda vigilância para não pecar. “Inútil levantar-vos antes da aurora, e atrasar até alta noite vosso descanso, para comer o pão de um duro trabalho, pois Deus o dá aos seus amados até durante o sono”. (Sl 126, 2)


DEUS REALMENTE CASTIGARÁ O MUNDO MAIS UMA VEZ?

Pensemos!
Por que Deus ameaçou destruir Nínive?
Porque os ninivitas NÃO PRATICAVAM feitiçarias, magias, e era um povo temente a Deus? Eram pessoas disciplinadas, pacíficas, honestas?

Sabemos que, se um povo é temente a Deus e cumpridor de Seus Mandamentos, Deus abençoa esse povo. Esse não era o caso dos ninivitas. Eles estavam cometendo diversos pecados, que atraíram a Justiça Divina.

Os habitantes de Nínive eram perversos, violentos, torturavam e furavam os olhos de seus prisioneiros de guerra. Eram entregues a bebidas, orgias, aproximados dos demônios através da feitiçaria, magia, satanismo. Por ser uma grande cidade, Nínive corrompia as outras cidades e os povos com sua cultura mundana e sua prostituição religiosa.

Diante da mentalidade vazia de retidão (retidão que Deus coloca em cada pessoa quando a cria); diante do desprezo da consciência que mostra o que é certo e o que é errado; diante do endurecimento do coração, evitando ouvir a voz interior da consciência que acusa os erros; o desprezo desses dons naturais os levou a horríveis pecados. 

Então, Deus disse a Jonas: “Levanta-te, vai a Nínive, a grande cidade, e profere contra ela os teus oráculos, porque sua iniquidade chegou até a minha presença”. (Jn 1, 2)

Sabemos que Jonas tentou fugir de Deus, mas Deus foi atrás dele, pegou-o do seu jeito, deixou-o em trevas no ventre do grande peixe. Deus trabalhou na alma de seu filho fujão por três dias. Depois, mandou o peixe vomitar Jonas na praia. Dias depois, Deus falou novamente com Jonas, mandando-o ir dizer aos ninivitas o que Ele tinha ordenado. Jonas foi, percorreu a cidade pregando que Nínive iria ser destruída em 40 dias.

O QUE OS NINIVITAS FIZERAM, DO REI ATÉ O MAIS SIMPLES HABITANTE?

“Os ninivitas creram nessa mensagem de Deus, e proclamaram um jejum, vestindo-se de sacos desde o maior até o menor. A notícia chegou ao conhecimento do rei de Nínive; ele levantou-se do seu trono, tirou o manto, cobriu-se de saco e sentou-se sobre a cinza.

Em seguida, foi publicado pela cidade, por ordem do rei e dos príncipes, este decreto: Fica proibido aos homens e aos animais, tanto do gado maior como do menor, comer o que quer que seja, assim como, pastar ou beber. Homens e animais se cobrirão de sacos. Todos clamem a Deus, em alta voz; deixe cada um o seu mau caminho e converta-se da violência que há em suas mãos.

Quem sabe, Deus se arrependerá, acalmará o ardor de sua cólera e deixará de nos perder! Diante de uma tal atitude, vendo como renunciavam aos seus maus caminhos, Deus arrependeu-se do mal que resolvera fazer-lhes, e não o executou”.

(Jn 3, 5-10)

O arrependimento, a humildade, a fé em Deus, a oração, o jejum evitaram o castigo que Deus já tinha determinado dar a Nínive.

Mas o que vemos no mundo de hoje?

Aqui, no Brasil, milhões de brasileiros estão grudados na TV, principalmente as pessoas de menor instrução e poder aquisitivo, assistindo novelas, filmes, sem saber se proteger da mensagem anticristã contida neles. Depois de jantarem essas coisas do Diabo prejudiciais à alma, comem a imunda sobremesa oferecida pelo inferno através de realitys shows e outros programas fúteis. Esse tipo de comportamento é traição e desprezo a Deus para quem crê Nele. É indiferença culpável para quem não crê. É aversão diabólica de quem não quer crer.

O mundo está sendo parado por forças malignas, que estão usando mentiras para destruir a Igreja Católica, fundada na terra por Jesus Cristo como caminho de salvação, verdade e vida. O exército de Satanás quer impedir que os Sacramentos sejam dados, quer destruir a sociedade cristã, quer massacrar a fé dos cristãos, quer causar sofrimentos também através da fome, destruindo a economia mundial, gerando desemprego, convulsões sociais, doenças. Seu projeto é escravizar não apenas pessoas de um país, mas fazer do mundo todo uma grande prisão, o maior campo de concentração que já existiu. Tudo isso já começou a acontecer, mas há cegos, que nada veem.

VOCÊ JÁ PENSOU SE CONSEGUE ENXERGAR EVIDÊNCIAS ESPIRITUAIS?

Pandemia, mortes, falta de liberdade, panorama mundial preocupante.

Todos estamos vivendo esse colapso, mas a maioria das pessoas que está vendo e vivendo essa situação mundial, não a compreende; muitos julgam que é somente questão política, que é só tirar os corruptos e ditadores do poder que as coisas se resolvem. Pensando assim, organizaram passeatas, fizeram esclarecimentos inteligentes e necessários nas redes sociais, mas… o que conseguiram? Nada.

O que estão conseguindo? Nada.

Por quê? Porque falta juntar a esse serviço necessário de esclarecimento do povo e passeatas, a oração, o jejum, a fé e o temor de Deus. Sem essas necessidades espirituais, o homem trabalha sem Deus. Trabalhar sem Deus na construção, organização e defesa de um país é trabalhar sem resultados. A Palavra de Deus diz que “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a constroem. Se o Senhor não guardar a cidade, debalde vigiam as sentinelas”. (Sl 126,1)


A ALUCINAÇÃO DO QUERER DAS PESSOAS

As pessoas querem que a pandemia e a falta de liberdade termine logo. Por que querem, pensam que já já tudo vai passar e o mundo voltará ao normal.

O que é o normal para essas pessoas?

Uma sociedade em que as pessoas vivem insensíveis para com Deus e indiferentes à sua própria salvação é normal?

É normal buscar mais os prazeres da vida humana do que os da vida de Deus?

SE PUDESSE, VOCÊ DARIA CURA E LIBERDADE?

Se você tivesse a cura do vírus chinês, se pudesse libertar a humanidade da atual falta de liberdade, você daria a cura e a liberdade sem perguntar a Deus se deveria fazer isso?

Você daria cura e liberdade sem perguntar a Deus o motivo de Ele ter permitido o surgimento do vírus e a falta de liberdade das pessoas?

Você se interrogaria, em oração, pedindo discernimento a Deus para saber se tal situação é um castigo necessário com o objetivo de as pessoas refletirem sobre suas vidas?

As pessoas precisam refletir sobre seus pecados? Precisam se arrepender?

As pessoas precisam reconhecer que estão vivendo mais interessadas nas coisas do mundo, que não podem salvar, do que em Deus e Seus Mandamentos, que podem nos salvar?

As pessoas precisam, por meio do reconhecimento de seus pecados, pedir perdão a Deus e começar a buscar a salvação?

Se você pudesse, você daria a cura e a liberdade para as pessoas continuarem a viver cada dia mais aumentando seus pecados contra Deus, e assim se condenarem eternamente?

AS PESSOAS NO MUNDO FORAM E CONTINUAM A SER DISTRAÍDAS

Uma inteligência bem superior à inteligência humana planejou e está executando a distração dos seres humanos. O objetivo da distração é desviar a atenção das pessoas de Deus e de Seus Mandamentos, para focar sua atenção e entretê-las nas mentiras e ilusões do mundo.

Essa inteligência superior maligna soube e sabe trabalhar em cada geração de seres humanos para levar as pessoas a se prenderem em seus sonhos, desejos e vontades pessoais.

A prisão nos sonhos, desejos e vontades pessoais faz o trabalho de desencaminhar as pessoas do Caminho de Deus. No caminho do desencaminhamento, Satanás oferece os produtos de pecado de sua feira. Tanto o caminho do desencaminhamento como os produtos da feira de Satanás têm poder preternatural satanicamente hipnotizante para causar distração, fixar os corações na distração, entretendo-os e os divertindo.

Esse poder satânico de distração consegue dividir a pessoa entre Deus e ela mesma. É forte a ponto de impedir que a atenção das pessoas se volte para Deus. É tão viciante que as pessoas já viciadas não conseguem parar de procurar divertimento; quanto mais se divertem, mais querem se entreter.

Quanto mais se divertem longe de Deus, mais difícil fica reconhecer que estão prisioneiras da astúcia do Maligno. Se tentam orar, é muito difícil ou não conseguem. Se tentam ler a Palavra de Deus, nada entendem. Se vão à Missa ou Grupo de Oração, não conseguem se concentrar, porque estão sob o poder maligno que os mantém desatentos dos assuntos de Deus; distraídos quanto às necessidades espirituais de suas almas. Muitas dessas almas prisioneiras das distrações demoníacas esqueceram as orações que sabiam de cor e perderam todo o entendimento espiritual.

Sem entendimento, não entendem que estão distraídas no que é do seu interesse pessoal; que não estão concentradas na vontade de Deus e vivem suas vidas sem conseguir ver o perigo à frente.

As pessoas estão cegas, sem conseguir perceber a real situação de suas almas, porque há décadas vem se sucedendo um trabalho de lavagem cerebral, manipulação mental, formação do imaginário, destruição das verdades espirituais e das verdades temporais.

Este trabalho é feito sobre todas as pessoas do mundo através da doutrinação da mentira e da destruição da Igreja, da moral, dos bons princípios, da família, da inocência das crianças e dos jovens, do sistema educacional cristão, da masculinidade e da feminilidade.

O projeto de Satanás avançou muito. Esse avanço está acontecendo porque não há um número suficiente de pessoas rezando o Rosário todos os dias, como Nossa Senhora pediu em 1917.


AINDA HÁ TEMPO DE FAZERMOS ALGUMA COISA?

Se ainda há ou não há mais tempo, só Deus sabe. O que sabemos, com certeza, é que devemos fazer a nossa parte rezando o Rosário, jejuando e fazendo sacrifícios, pois sempre podemos contar com a misericórdia de Deus. Quando os habitantes de Nínive acreditaram em Deus por meio das palavras de Jonas e se humilharam, oraram, jejuaram e fizeram sacrifícios, Deus suspendeu o castigo para o tempo marcado.

Os habitantes de Nínive se voltaram para Deus a ponto de se santificar de modo a não mais ofender a Deus?
Eles se voltaram para Deus, pois Deus disse a Jonas que não tinha destruído Nínive quando os 40 dias se completaram porque eles acreditaram, humilharam-se, oraram, jejuaram, tiveram Temor de Deus ao ouvir a promessa de serem destruídos por causa de seus pecados.

Deus ainda fez uma pergunta a Jonas:

“E então, não hei de ter compaixão da grande cidade de Nínive, onde há mais de cento e vinte mil seres humanos, que não sabem discernir entre a sua mão direita e a sua mão esquerda, e uma inumerável multidão de animais?… ”

(Jn 4, 11)

Quando Deus diz a Jonas que os ninivitas não sabiam discernir entre a suas mãos esquerdas e as mãos direitas, Deus está ensinando a Jonas que Ele é um Deus misericordioso, paciente e compreensivo; que não tolera o pecado, mas ama o pecador, quer libertá-lo do pecado que o mata. Deus sabia que os ninivitas ainda voltariam a pecar contra Ele, mas os atuais pecados que exigiam a destruição deles, tinham deixado de computar na balança do julgamento divino por causa do arrependimento, da oração e do jejum deles.

Podemos nos perguntar:
TODOS OS NINIVITAS, SEM EXCEÇÃO, HUMILHARAM-SE, ORARAM, JEJUARAM, SACRIFICARAM-SE PARA EVITAR A DESTRUIÇÃO DE SUA CIDADE?

A resposta, penso, é que não, pois  “a carne é fraca” (Mt 26,41). Penso que uma parte do povo ninivita agradou a Deus, mas outra parte continuou indiferente. Porém, a indiferença dos indiferentes não anulou o comportamento dos humildes que oraram e jejuaram diante de Deus. Os humildes que oraram e jejuaram atraíram para si e para quem não orou nem jejuou outra chance no perdão de Deus, conseguiram para toda a cidade de Nínive a anulação da sentença de destruição.

O QUE ACONTECEU COM OS QUE NÃO ORARAM NEM JEJUARAM?

Deus os julgou individualmente. Deus fez como fez quando libertou o povo judeu da escravidão do Egito, julgou cada indiferente segundo sua indiferença para com Ele. “O Senhor, depois de ter salvo o povo da terra do Egito, fez em seguida perecer os incrédulos.” (Jd 1, 5)

Os que só acreditam que Deus é amor e não é justiça, escandalizam-se e dizem:
– O quê??? Não acredito! Deus não iria fazê-los morrer só porque eram incrédulos. Deus é paciente. Ele espera todos terem fé, porque Ele vai salvar todas as pessoas.

Acreditar que Deus é amor e não é justiça, é não entender nada da misericórdia divina. Deus dá a todos tempo para a conversão. Se nesse tempo o desconvertido não se converte, Deus o julga segundo seus pensamentos, intenções, palavras e ações.

Deus disse, sobre Jezabel e seus seguidores que estavam dentro da igreja de Tiatira, tentando desencaminhar seus membros: “Eu lhe dei tempo para arrepender-se, mas não quer arrepender-se de suas imundícies. Desta vez, a lançarei num leito, e com ela, os cúmplices de seus adultérios, para aí sofrerem muito, se não se arrependerem das suas obras. Farei perecer pela peste os seus filhos, e todas as igrejas hão de saber que eu sou aquele que sonda os rins e os corações, porque darei a cada um de vós segundo as suas obras.” (Ap 2, 21-23)

OS QUE ORARAM E JEJUARAM, FAZENDO SUA PARTE, COLHERAM O BEM PARA TODA A CIDADE

As pessoas que oraram e jejuaram conseguiram suspender um castigo que iria destruir toda a cidade de Nínive. Por este raciocínio, penso que, se conseguirmos um número de pessoas que orem, jejuem se sacrifiquem, talvez consigamos suspender ou diminuir os castigos que pairam sobre cada um de nós e sobre a terra.

De uma coisa tenho certeza: não custa nada tentarmos.

Tentemos por amor a Deus, não somente pelo medo do que está se preparando para acontecer na terra contra a humanidade indiferente e rebelde a Deus. Contudo, se o amor não for puro, a oração e o jejum também têm a sua validade se for feito pelo medo, pois esse medo pode ser visto por Deus como respeito a Ele, uma vez que os que não respeitam Deus, continuam rebeldes e indiferentes diante da ameaça de castigo divino.

Precisamos orar, mostrar às pessoas a oração como única arma eficaz na luta contra Satanás. Se não houver um número de pessoas rezando o Rosário, Satanás avançará cada vez mais em sua agenda de dominação mundial, de perseguição à Igreja, de proibição da celebração das Missas e ministração de todos os Sacramentos.

SATANÁS NÃO QUER:
. Pecadores arrependidos confessando seus pecados a Deus através dos padres.
. igrejas cheias de católicos na Santa Missa.
. que as crianças e não batizados sejam batizados.
. os jovens fazendo a Crisma.
. que o Sacramento do Matrimônio seja dado aos noivos.
. que mais padres sejam ordenados.
. os doentes e agonizantes recebendo a Unção dos Enfermos.

SATANÁS QUER
. a destruição da economia para gerar o caos social.
. o desemprego.
. ver os jovens que terminaram sua faculdade sem conseguir exercer sua profissão.
. que o jovem olhe para o mundo e veja que não é mais o mundo de antes, que nesta nova ordem mundial, não há futuro nem esperança para a juventude, que lhe resta apenas se tornar escrava do sistema.


O EXÉRCITO DE DEUS

Quantas pessoas precisamos encontrar para formar um exército de pessoas que orem, jejuem, sacrifiquem-se, e assim possamos atrair o perdão e a misericórdia de Deus para o mundo?

Não sabemos. Ninguém sabe, Só Deus sabe, mas sabemos que Deus não destruiu a cidade de Nínive, apesar de nem todos os ninivitas terem orado e jejuado. Isso quer dizer que é Deus quem escolhe e aceita o número de pessoas orando e jejuando que deterão o castigo do Céu, mesmo que no mundo muita gente continue indiferente a Deus.

MARIA MAIOR DO QUE JONAS

Desde 1917 Deus tem enviado do Céu a Santíssima Virgem para avisar que, se o mundo não se converter, ele será castigado.

Quem acreditou?
Quem acredita?
Por que muitos dizem que acreditam, mas vivem como se não acreditassem?
Se acreditam, cadê a humildade, o arrependimento, a conversão, o silêncio, a oração, o jejum, os sacrifícios, a busca de Deus de todo o coração?
A Mãe de Deus é maior do que Jonas, mas quem acredita em Deus por meio da mensagem de Nossa Senhora?
Quem acredita nela?
Quem acredita nas aparições reconhecidas pela Igreja que Jesus fundou em Pedro?

Antes do vírus chinês parar o mundo, vi, em alguns países, um comportamento de indiferença para com Deus, igual ou pior do que vemos atualmente no Brasil. Geralmente, a hipocrisia é dirigida a outra pessoa, mas eu vi por lá e vejo em nosso país, o absurdo de as pessoas estarem sendo hipócritas com elas mesmas. Se está assim, se o povo não quer se humilhar, arrepender-se de seus pecados, o castigo virá.

Deus está sendo obrigado a purificar o mundo de imundícies que o próprio homem não pode mais limpar.

O homem se afastou de seu Criador. Satanás se apropriou e controla o afastamento de Deus em que a humanidade está presa.

Usando o homem, criou leis e desenvolveu uma cultura social maligna contra o próprio homem. As leis absurdas e a cultura satânica que estão manobrando o mundo, estão escravizando a humanidade cada vez mais nas trevas do maligno. Dessas trevas, a humanidade NÃO PODE MAIS SAIR, a não ser por uma intervenção divina. É bom repetir: DESSAS TREVAS, a humanidade NÃO PODE MAIS SAIR, a não ser por uma INTERVENÇÃO DIVINA.


A ATUAÇÃO DO TÁRTARO NAS JOVENS

O mundo todo está sob a escravidão de homens usados por Satanás. A cegueira espiritual cegou bilhões de pessoas. Por onde se anda, só se vê pecados, mundanismo, indiferença a Deus. Muitos pobres estão nos botecos, homens sem camisa, mulheres de shorts curtíssimos, bebendo cachaça, jogando sinuca, falando aos gritos, escutando música da mais baixa categoria. Muitos homens e mulheres com maior poder aquisitivo, vestidos socialmente, estão nos restaurantes VIP* conversando educadamente, olhares e sorrisos discretos, mas com os corações frios e endurecidos em relação a Deus.

O amor a Deus está esfriando corações que antes eram apaixonados. A fé está sumindo, as pessoas estão perdendo rápido o entendimento da vida espiritual e se adaptando, em alta velocidade, ao espírito do príncipe deste mundo. As pessoas estão dando maior importância aos prazeres do mundo, a conversar horas e horas por mensagens, a ver e postar coisas inúteis à salvação das almas nas redes sociais do que à vida de oração, jejum, sacrifício, silêncio.

Nestes tempos de trevas, grande é a fraqueza para se firmar em Deus, manter-se vigilante e orante. Grande é a força e a vontade para buscar as coisas do mundo. As pessoas, principalmente os jovens, estão muito interessados em conferir as curtidas que receberam, em agradecer a quem curtiu sua postagem. Há pessoas que ficam tristes, deprimidas, revoltadas; choram se não receberem curtidas e comentários. Elas, por elas, não conseguem perceber que esse comportamento não é normal, que, por trás disso, tem uma força invisível.

Para prender mais ainda as pessoas em suas carências carnais, Satanás usa pessoas (algumas delas são possuídas) para ficarem na Internet com a função infernal de ficar comentando postagens de seus amigos(as), curtindo, elogiando principalmente postagens bobas, incentivando para que façam mais postagens.


TEMPORADA DE ABISMOS


Nestes tempos, o capeta Asmodeus (que em todas as gerações desde que o homem foi expulso do Paraíso, tentou fazer a humanidade cair nos mais baixos instintos da depravação sexual), nestes tempos de Internet, é o demônio das postagens sexuais, imorais, sensuais, carnais, lascívias. É ele, com demônios subalternos a ele, que está por trás de muitas jovens; sugerindo ideias de postagens no pensamento de moças católicas e não católicas.

Esse demônio inteligente e criativo usa sua habilidade de comunicação com o ser humano, como demônio invisível, para sugerir uma infinidade de ideias de postagens que possam ofender a Deus.

Entre suas sugestões, o demônio coloca no pensamento das moças insinuações, como:

O SHORT CURTO

PALAVRAS DE ASMODEUS NA MENTE DA JOVEM: Vista um short curto, abrace seu cachorrinho, sente-se, exponha o máximo que puder suas coxas, bata a foto, escreva um comentário de que ama os animais.

Se um familiar criticar, faça-se de boba, dizendo:
– Que tem de demais em eu mostrar meu cachorrinho? As pessoas amam os animais.

EXIBIÇÃO DA NÁDEGA

PALAVRAS DE ASMODEUS NA MENTE DA JOVEM: Vista uma calça legging muito apertada, fique de lado para um espelho, exiba seu traseiro, arrebite o máximo, escreva um texto comentando sobre seu penteado.

Se algum familiar criticar, dê uma de inocente, dizendo:
– Que tem de demais em eu falar sobre meus cabelos?

EXIBIÇÃO DA GENITÁLIA

PALAVRAS DE ASMODEUS NA MENTE DA JOVEM: Vista um legging, sente no chão com as pernas abertas evidenciando sua genitália, escreva um texto dizendo que ama balé, apesar de não ter a mesma flexibilidade da fulana.

Se um familiar disser que você não deveria ter postado essa foto de pernas abertas, que está uma foto imoral, que está revelando que você está oferecendo aos homens seu órgão genital, diga:
– Você é que vê maldade em tudo! Jesus disse que, para os puros, tudo é puro. Estou apenas falando da bela arte que é o balé.

DESPERTANDO DESEJO CARNAL NOS HOMENS

PALAVRAS DE ASMODEUS NA MENTE DA JOVEM: Vista um short dez dedos acima do joelho, uma camisa um pouco decotada mostrando colo, ombros, costas, e um pouco de sua barriga. Não mostre muito, você é uma boa moça “católica” (kkkkkk). O objetivo dessa foto não é mostrar muito, é introduzir sua imagem na mente dos homens que olharem sua foto para despertar o desejo carnal deles no seu corpo, mesmo sem eles lhe conhecerem. Depois de escolhida as roupas, faça três selfies em posições diferentes mostrando seu corpo de frente, lado e costas. Feito isso, poste sua selfie.

Se um familiar recriminar você por esta postagem, dizendo que as moças devem ter modéstia no vestir, diga, escondendo o sarcasmo:
– A modéstia está no coração, vem de dentro.

SEDUZINDO HOMENS COM O ROSTO

PALAVRAS DE ASMODEUS NA MENTE DA JOVEM: Para fazer selfie sedutora de seu rosto, vista uma blusa de alça mostrando colo e ombros, ou uma blusa decente sem mostrar nada, pois nessa self o objetivo é seduzir pelo rosto insinuativo, através do olhar e da boca. Você vai usar seus olhos e boca para despertar a libido masculina com seu rosto.

Faça uma boa maquiagem, um penteado sexy, para fazer selfie, evidenciando seus olhos e boca. Tire a ingenuidade do olhar, olhe para o celular como se estivesse olhando nos olhos de um homem na sua frente para seduzi-lo sexualmente. Faça um discreto, mas evidente gesto com os lábios insinuando que eles querem ser beijados.

Faça três selfies, uma olhando de frente, fazendo um leve biquinho com a boca; a segunda, olhando de lado, com a boca muito levemente aberta; a terceira, com olhos fechados, com o dedo indicador sobre seu queixo, apontando para sua boca com batom vermelho. A unha do dedo também deve ser com esmalte de cor vermelha. Poste as selfies com um texto: “Everything ends, eternity never ends.” “Tudo acaba, a eternidade nunca acaba.” (Santo Afonso de Ligório)

Se seu pai, mãe ou irmão disserem que você não deveria fazer esse tipo de foto, pois você é uma moça de família e não uma moça que está se oferecendo para tudo que é homem, atrás de namorado ou sexo; que não deveria evidenciar sua boca desse jeito como está na foto; disfarce o deboche e diga:
– Não estou mostrando minha boca, estou mostrando a cor do batom que gosto. Essa selfie não tem nada de mais. É apenas para falar que tudo acaba, mas a eternidade nunca acaba, como diz Santo Afonso. Eu sou fã dele.

SEDUZINDO COM OS CABELOS

PALAVRAS DE ASMODEUS NA MENTE DA JOVEM: Seduza com seus cabelos em um vídeo de um minuto. O Diabo gosta e lhe dará a recompensa depois no inferno. Faça um penteado, dizendo: “Oi amigas! Vejam esse modelo de penteado. Eu gostei muito.”

Ponha uma música romântica de fundo, vá com as mãos e os dedos colocando seus cabelos de um lado, depois de outro, abaixe a cabeça para jogar os cabelos para trás, sorria, depois vire de costas para mostrar o cabelo todo; use as mãos para erguê-los e ir soltando devagar. Enquanto você faz isso, por causa dos poderes que temos como demônios, seu cabelo estará se transformando em fetiche com força preternatural para provocar a excitação sexual nos homens que vão ver seu vídeo. Mesmo quando você morrer, seu vídeo ainda estará tentando os homens.

Ao usar seus cabelos como fetiche, você irá aos poucos se transformando numa fetichista com poderes espirituais capazes de despertar o interesse sexual em homens e mulheres, usando seu corpo inteiro e partes dele. Edite o vídeo e poste com um texto:

– Agradeço a Deus pelos cabelos que Ele me deu.

Se algum católico de sua família ou amigo lhe disser que esse vídeo não é bom para sua imagem, sua espiritualidade, que é um instrumento para tentar os homens em sua sexualidade, que é pecado contra o Sexto Mandamento que exige a castidade no falar, olhar, sorrir, nas roupas, nos gestos, no comportamento; que a frase que você escreveu é uma contradição; ignore, rindo. E, caçoando, diga:
– Que tem de demais em eu agradecer a Deus pelos meus cabelos?


PRISÃO VOLUNTÁRIA NOS MAUS HÁBITOS

Bilhões de pessoas estão aprisionadas por seu celular, prisioneiras do que veem e postam. Não percebem a perda de tempo desse mau hábito que lhes rouba o tempo para estar com Deus e tempo para coisas úteis.

A Internet é algo necessário aos nossos tempos. Ela poderia ser mais útil e melhor usada; mas homens maus, a serviço do Anticristo, dominaram todos os meios de comunicação com uma esperteza tão grande que as pessoas não percebem que os meios de comunicação, entre eles a Internet, foram planejados e estão todos controlados por Satanás.

Sem Internet, o Anticristo não conseguiria segurar o mundo no pecado como ele está segurando. Sem Internet, o Anticristo não viria tão cedo, pois não teria um meio de espalhar rápido a destruição da fé, do amor a Deus, da boa cultura, dos bons princípios, da família, do sistema educacional; não poderia promover o assassinato de bebês através do aborto e o feminismo, que destrói a mentalidade das mulheres; não conseguiria difundir a incredulidade, a desmoralização da Igreja e das autoridades, a pornografia, a devassidão, etc, etc, etc. Certa vez escutei o Padre Lara dizer que Satanás é o pai da Internet.

MUDANÇA DE MENTALIDADE CATÓLICA

Antes, os católicos sabiam que é pela morte que se une a Deus para sempre. Hoje, os católicos estão com medo de morrer. Se dependesse deles, viveriam para sempre nessa condição de vida que vivem na terra; condição que impede de ver a Deus face a Face por toda a eternidade no Céu.

O inimigo de Deus conseguiu fazer com que os católicos passassem mais tempo pensando no que querem na terra, do que no que é necessário para a salvação e vida eterna no Céu. Ele conseguiu fazer com que a maior preocupação e o maior desejo das pessoas sejam: viver a modernidade, as alegrias, ganhar dinheiro mais do que o necessário, aproveitar as oportunidades de diversões. Elas se preocupam em procurar conhecer o que Deus escreveu para a humanidade em sua Palavra que encontramos na Bíblia.  

Os que se dizem católicos estão vivendo como quem não conhece Deus; vivem como se fossem viver na terra eternamente; não estão vivendo com a consciência e o entendimento de que, na terra, todos nós morreremos; de que, após a morte, seremos julgados por Deus com base em nossos atos.

DOIS TIPOS DE CATÓLICOS MORREM

Nossa fé nos diz que a verdadeira vida só a viveremos depois que morrermos. Apesar de sabermos dessa verdade, há um tipo de católico que não busca, em sua vida, viver como Deus quer. Esse tipo morre. O que lhe espera depois da morte é a outra vida, a vida em que não se pode mais morrer. A vida em que não se morre mais existe no Céu e no inferno. Quem vai para o Céu, viverá eternamente feliz com Deus nas alegrias do Céu, mas se a pessoa for para o inferno, viverá eternamente com Satanás nos tormentos do tártaro.

O QUE ESTOU DISPOSTO A FAZER PELA MINHA SALVAÇÃO ETERNA?

É hora de responder que está disposto a se salvar por amor a Deus. Que, de hoje em diante, vai se preparar melhor.

Por que é hora de responder assim?

Porque a perseguição aos católicos está cada vez mais se organizando e se fortalecendo no mundo. Ela já chegou em nosso país. Por enquanto, está “suave”, mas poderá intensificar o terror. Todas as semanas, sem exagero, tem-se notícias diferentes de perseguição: ou escutamos sobre assassinatos de padres, ou decapitação de leigos católicos, ou que uma igreja foi explodida, ou incendiada, ou pichada, ou teve o sacrário arrombado.  Hóstias consagradas são roubadas e levadas para culto satânico; símbolos religiosos católicos são destruídos dentro das igrejas e em praças públicas; jovens católicos são impedidos de fazer prova por usar crucifixo ou escapulário; pessoas cheias de ódio são vistas gritando nas ruas palavras de ordem contra Jesus Cristo e seus seguidores.

Não sei se o terror contra nós, católicos, vai acontecer no Brasil, mas estamos vendo sinais no que está acontecendo e nas ameaças feitas contra a Igreja Católica. Pode ser que Deus detenha essa perseguição, pode ser que não. Não sabemos o que Deus vai permitir, por isso, é bom nos prepararmos espiritualmente.

O QUE PODE ACONTECER?

Pode acontecer, no Brasil e demais países, a perseguição aos católicos que aconteceu no México em 1910. Talvez alguém diga que é exagero e não pode acontecer. Digo que não é exagero, pois agora, em 2021, na Argentina, a polícia invadiu o Convento das Carmelitas Descalças de Nogoyá, prendeu a Madre María Isabel de la Santísima Trinidad (Luisa Toledo) e a acusou de torturar as freiras.

O QUE A MADRE FEZ? Ela exigia que as regras da Ordem, como mortificações, jejuns, penitências, sacrifícios, feitos por Santa Teresa d’Ávila fossem cumpridas. Apesar de ser inocente das acusações de tortura, foi condenada a 3 anos de prisão

O QUE ACONTECEU NO MÉXICO EM 1910, QUE COMEÇOU A SE REPETIR EM GOVERNOS ANTICRISTÃOS?

Antes da revolução de 1910, no México, a Igreja Católica era incompreendida, mas dava seguimento à evangelização com paz e tranquilidade, até que rapidamente a perseguição começou de modo injusto e cruel. Satanás queria parar a evangelização, queria impedir a Missa e a Comunhão dos católicos, queria impedir a ministração de todos os Sacramentos. Então, sugeriu na mente dos líderes da revolução as ideias contra a Igreja e os católicos.

Inventando mentiras, confiscaram os bens da Igreja, conventos, seminários, igrejas, cemitérios, colégios, hospitais e centros beneficentes.
Proibiram os trabalhos das Ordens Religiosas.
Proibiram que outras ordens fossem fundadas ou entrassem no México.
Proibiam os votos dos religiosos.
Aboliram a Companhia de Jesus.
Proibiram as orações católicas dentro das igrejas e dentro das casas particulares.
Fizeram leis para deportar ou prender ou matar todos os bispos e padres que protestassem
Fundaram uma “igreja católica” mexicana, submissa aos revolucionários.
Muitos católicos desavisados foram enganados, pensando que era a Igreja católica de verdade.
Liberam o culto de todas as religiões, menos a religião católica.

Na encíclica “Iniquis afflictisque”, o Papa Pio XI relatou o que a Igreja Católica sofria no México por parte da perseguição dos revolucionários:

“Já quase não resta liberdade alguma à Igreja [no México], e o exercício do ministério sagrado se vê de tal maneira impedido, que é castigado, como se fosse um delito capital, com penas severíssimas”.


Muitos jovens católicos foram mortos com o rosário nas mãos. Antes de serem fuzilados, com tranquilidade e sem ódio aos que os matavam, gritavam (antes de morrer): “Viva Cristo Rei”.

46 sacerdotes foram presos e executados.

Tentaram matar o presidente revolucionário comunista Álvaro Obregón. Os autores foram presos e executados. Os socialistas viram uma oportunidade, aproveitaram-se para culpar os inocentes: Padre jesuíta, Miguel Agustín Pro e seu irmão, Humberto.

A EXECUÇÃO DO PADRE MIGUEL PRO

Do livro, “The Catholic Martyrs of The Twentieth Century”, “Os Mártires Católicos do Século XX” de Robert Roya, pág. 17-18

“Dos mártires daqueles dias, nenhum chamou tanto a atenção do público no México e no resto do mundo como o Jesuíta Miguel Agustín Pro. Pro foi morto por um pelotão de fuzilamento, em frente das câmeras dos jornais que o governo trouxera para gravar o que esperava ser o constrangedor espetáculo de um padre implorando por misericórdia. Foi uma das primeiras tentativas modernas de usar a mídia para a manipulação da opinião pública com propósitos anti-religiosos. Mas, ao invés de vacilar, Pro demonstrou grande dignidade, pedindo apenas a permissão de rezar antes de morrer. Após alguns minutos de prece, levantou-se, ergueu seus braços em forma de cruz – uma tradicional posição de oração mexicana – e, com voz firme, nem desafiante, nem desesperada, entoou de forma comovente palavras que desde então se tornaram famosas: ‘Viva Cristo Rey’.

“Longe de ser um triunfo da propaganda para o governo, as fotografias da execução de Pro tornaram-se objeto de devoção católica no México e de constrangimento do governo por todo o mundo. Oficiais tentaram suprimir sua circulação, declarando a mera posse de tais fotos um ato de traição, mas não tiveram sucesso…”

“Deus meu, tende misericórdia deles. Deus meu, abençoai-lhes. Senhor, Vós sabeis que sou inocente. Com todo meu coração, perdoo a meus inimigos”.

“O pelotão dispara. Ouve-se ainda as últimas palavras de Pro, firmes, devotas, ‘Viva Cristo Rei!’. Eis o brado dos cristeros. Futuramente, o exército callista cortaria a língua dos mártires para que, ao morrer, não confessassem Cristo”.

“Pro cai, mas não morre. Um soldado aproxima-se e dá o último tiro”. Podemos dizer por Padre Pro: “Muero, pero Dios no muere!” [Morro, mas Deus não morre!]

PERGUNTAS:
– Como o Padre jesuíta Miguel Agustín Pro viveu para estar tranquilo, em paz, na hora de seu martírio?
– Por que ele perdoou facilmente os seus executores?
– Por que não temeu a morte?
– Ele vivia se preparando para o dia da morte servindo a Deus, ou vivia muito ocupado, distraído com as coisas de sua época?

Deus, que é bom, misericordioso e poderoso, abençoe-nos a todos.
J.V.


*VIP: No Brasil, essa sigla serve para dizer que uma pessoa é importante, que um lugar é luxuoso. Vem da expressão inglesa, Very Important Person, “pessoa muito importante”.

17 comentários

  1. Deus nos conceda a graça de uma perseverança final com qualidade. Ele fortaleça a nossa fé e nosso chamado vocacional. Sejamos firmes, luz neste mundo de trevas.

  2. Ajudai-nos Jesus a entrar pela porta estreita…guardar a fé ate o fim custe o custar e proclamar com a vida e ate na morte Viva Cristo Rei!!!

  3. Que nosso Deus nos de a graça de ama-lo todos os dias c atitudes e renúncias perseveramos na vida de oração e penitencia reparando nossas datas desejando ñ ofender mos cá da dia santa mãe ajudamos a executar esse desejo ainda que seja p um milagre de Deus 🙏🙏🙏

  4. Viva Cristo Rei! Que essa meditação seja um alerta para as nossas almas que estão buscando a Deus , mais no meio do caminho
    são desviadas , muitas vezes por nós mesmo , o demônio existe e todo o dias nos tenta.
    Que possamos rezar mais por nós e por todas almas do mundo inteiro. E que através do Rosário possamos vencer muitas batalhas .

  5. Realmente, nao temos tempo a perder, temos que amar a Deus de todo o nosso coraçao usando as armas que temos: Oraçao, Jejum e Penitencia, leituara da Palavra e o Santo Rosario diariamente.Ir por outro caminho é sem duvida perca de tempo e de graça. Obrigado Senhor por mais essa formaçao cheia de Espirito e verdade.

  6. Talvez hoje Deus não peça de mim o mártirio de sangue ,mas aquele que diante das dificuldades e provações me levem a olhar a Ele e dizer *VIVA CRISTO REI* na aceitação total de Sua Santa vontade para minha vida. Ensinai-me bom Deus a exemplo dos santos a viver uma virgilancia maior e mais constante.

Escreva seu comentário