VOCAÇÃO DE JESUS!
Deus seja amado com todas as forças de nosso coração e de nossa alma.

MEDITAÇÃO DO DIA 18/02/2021

OBSERVAÇÃO:
A nível de esclarecimento, ao falar aqui do POSITIVISMO/POSITIVISTA, não falo no sentido do pensamento político ideológico criado no século XIX, mas apenas no sentido de uma pessoa que tem o PENSAMENTO POSITIVO de modo negativo, pensando estar sendo otimista
.

Em relação a Deus, muitos católicos e não católicos caíram no positivismo negativista! Cuidado!

Mefistófeles – Demônio aliado de Lúcifer na captura de almas inocentes

Os positivistas que creem em Deus e os positivistas que não creem em Deus são dois grupos muito grande de pessoas no mundo. Eles mesmos não percebem que caíram em uma armadilha espiritual mefistofélica em suas mentes. Estas pessoas não são organizadas como grupo que age junto, mas como pessoas individuais que leem livros, fazem cursos, participam de congressos para desenvolver a ideia positivista.

Há positivistas inimigos de Deus, e há positivistas que apenas não percebem o perigo à fé que é o positivismo.

Os divulgadores do positivismo propagam o pensamento positivo usando, muitas vezes com má fé, passagens bíblicas. Usam as mensagens bíblicas para irem arrancando a fé em Deus e colocando a fé de seus ouvintes nos objetivos humanos que eles querem alcançar: sucesso, fama, dinheiro, riqueza, prosperidade. O nome de Deus, algumas Palavras de Deus, são usadas para se conseguir o que se quer humanamente, e não para conhecer a Deus e os seus Mandamentos, amá-lo e servi-lo.

SEGUNDO OS POSITIVISTAS, SÓ SE DEVE PENSAR POSITIVAMENTE

É errado pensar positivamente? Sim e não.
É certo pensar positivamente se esse pensamento provém da fé que leva a Deus.
É errado se o pensamento positivo leva para ter sucesso nas coisas humanas, enquanto vai afastando as pessoas de Deus.

ONDE ESTÁ O ERRO DOS PROPAGADORES DO
PENSAMENTO POSITIVISTA?

O erro está em ensinar a pensar que na vida o sucesso depende da pessoa.

1) OS POSITIVISTAS DIZEM:

‘’Se você não é positivo por natureza, você pode aprender a ser.’’

‘’Se você deixar de ser negativista pensando positivamente, você poderá ganhar o mundo.’’

‘’Sem pensamento positivo, você não será uma pessoa vitoriosa no mundo.’’

A OPOSIÇÃO DA FÉ

É claro que devemos nos esforçar para sermos competentes em nossa profissão, trabalhar para progredir, crescer, mas de modo que não percamos a Deus de vista. Deus deve estar sempre em primeiro lugar em nossos corações e objetivos. Nós, católicos, pensamos que a prioridade da vida é amar a Deus, ganhar e assegurar a nossa salvação, o Céu eterno, não o mundo que passa. Para nós, é muito importante orar e meditar numa pergunta que Jesus faz:

“Que servirá a um homem ganhar o mundo inteiro, se vem a prejudicar a sua vida? Ou que dará um homem em troca de sua vida?”

(Mt 16, 26)

2) OS POSITIVISTAS DIZEM:

‘’Quer ter sucesso? Para conseguir o que quer, você precisa ser positivo, precisa ser prático. Ver a vida pelo lado objetivo. Precisa sentir a matéria das coisas.’’

A OPOSIÇÃO DA FÉ

Nós, católicos, cremos que “É a bênção do Senhor que enriquece; o labor nada acrescenta a ela” (Pr 10,22). Como também sabemos que “A mão preguiçosa causa a indigência; a mão diligente se enriquece” (Pr 10,4). Mas a grande verdade é que “Bens e males, vida e morte, pobreza e riqueza vêm de Deus” (Eclo 11,14). É “O Senhor (quem) empobrece e enriquece; humilha e exalta” (I Sm 2,7).

Nós, católicos, cremos que na terra existem riqueza e pobreza dadas por Deus, e riqueza e pobreza dadas por Satanás. Deus deu riqueza a Jó. Satanás veio, destruiu tudo e deu a Jó miséria e doenças (Jó 1). Deus deu mais uma vez riqueza a Jó (Jó 42).

Deus deu a Lázaro a pobreza que o salvaria (Lc 16, 25). Satanás ofereceu riqueza a Jesus:

‘’O demônio levou-o em seguida a um alto monte e mostrou-lhe num só momento todos os reinos da terra, e disse-lhe: Dar-te-ei todo este poder e a glória desses reinos, porque me foram dados, e dou-os a quem quero. Portanto, se te prostrares diante de mim, tudo será teu.’’

(Lc 4, 5-7)

Deus enriquece a quem ele quer enriquecer e não a quem quer ser rico. O Diabo dá riqueza a quem fizer pacto de sangue com ele em troca da alma. Há ainda outras formas do Diabo dar riqueza sem que seja necessário o contato direto com ele ou pacto com sangue.

Muitas pessoas querem ficar ricas e sonham com a riqueza que nunca terão. Outras são muito trabalhadoras, competentes, mas não conseguem enriquecer como querem. Por quê? Porque não depende delas, depende do doador das riquezas.

EXEMPLO:
Eu conheci, há 20 anos, uma pessoa muito profissional, trabalhadora e competente em gerenciar supermercados.

Essa pessoa juntou dinheiro trabalhando honestamente, abriu um comércio para ele, mas nada deu certo. A pessoa se perguntava: se eu estou administrando meu negócio como administrei dois supermercados que cresceram na minha administração, por que, se administro do mesmo jeito, meu mercado não dá lucro? Por que me faltam clientes, se o local que estou tem boa localização comercial?

Ele faliu, passou necessidade com sua família e voltou para o antigo emprego, pois o gerente tinha sido despedido por incompetência. Essa pessoa, em pouco tempo, fez o supermercado voltar a lucrar e se expandir. Alguns anos depois, o sonho de ficar rico, o sonho de ter seu próprio negócio, o fez pedir demissão e tentar novamente arriscar montar algo de que fosse o dono. Faliu em dois anos.

A última vez que o vi estava trabalhando como taxista. (Para pensar! Cuidado com seus sonhos!).

Por que foi assim na vida dessa pessoa?
Porque ele não acreditou ou não sabia que “É a bênção do Senhor que enriquece; o labor nada acrescenta a ela” (Pr 10, 22).
Porque o Espírito Santo distribui os dons como lhe apraz (I Cor 12, 11), e não como nós queremos.
Se não fosse assim, não existiriam gerentes de empresas. Eles teriam sua própria empresa.
Não concorda?
Então, porque apenas um ou outro gerente de empresa consegue administrar e lucrar com a empresa que abre como sua? (Não quero convencer ninguém, mas fazer pensar!)

DIVERSIDADE DE DONS

Deus que é o administrador deste mundo. A uns chama para ser patrão; a outros para ser empregado. Aos que chama para ser patrão, Deus dá a sua bênção e uma forma de ver as oportunidades em prol de toda a empresa, que gera emprego e benefícios para o país. Aos que chama para ser empregados, Deus dá a bênção e a visão necessária às suas funções.

Não concorda?
Dê o mesmo problema para um patrão e um empregado resolverem, e você verá que ver soluções é natural no patrão, mas o empregado, ou não tem ideias ou tem ideias fora da realidade. Isso faz do patrão uma pessoa melhor e superior ao empregado? Não. Todo ser humano é igual. O  mérito não é do patrão, é de Deus que o capacita. Deus capacita o patrão para ser patrão e o empregado para ser empregado. O patrão teria muita dificuldade em ser empregado; o empregado jamais saberia ser patrão. É fácil ver essa verdade, é só olhar a realidade da vida.

Todo dom humano e dom espiritual vem de Deus, apesar da instabilidade da carne, que é fraca. Deus, em Seu poder, sustenta seus dons no homem. Um homem rico chamado José deu seu túmulo para que Jesus fosse enterrado nele. José sabia administrar a riqueza que recebeu de Deus para a glória de Deus.

Quem recebeu riqueza de Deus deve saber ser desapegado, responsável e prático na administração dela. Deve trabalhar com competência para manter ou aumentar o que tem, buscando a vontade de Deus no seu uso. Se Deus chamar para ser padre, deve dar toda a riqueza segundo o discernimento que fizer à luz de Deus. Se for chamado para o matrimônio, deve saber administrar bem a sua alma para não se perder com o dinheiro que deve usar em benefício da família, da Igreja, dos pobres etc.


3) OS POSITIVISTAS DIZEM:

‘’Confie em você mesmo e obterá sucesso.’’

A OPOSIÇÃO DA FÉ

Nós, católicos, pensamos diferente. É claro que não é ser inteligente viver se sentindo um incapaz, com complexo de inferioridade. Quem vive assim tem algum distúrbio, precisa ser curado. Mas a frase positivista tem um objetivo, que é fazer a pessoa confiar nela mesma, sem considerar que ela primeiro deve confiar em Deus em tudo o que diz respeito a sua vida, inclusive sua vida profissional e vida afetiva.

A Palavra de Deus não diz para confiarmos em nós mesmos a ponto dessa confiança nos levar a termos pouca ou nenhuma confiança no Senhor Deus. Suscitar dúvidas, falta de confiança em Deus, esse é o objetivo do inimigo das almas, aquele que é o criador da ideia do positivismo. Satanás criou o positivismo não para a pessoa dizer com palavras que não confia em Deus, mas para demonstrar por atos que não tem fé em Deus pelo comportamento de confiar mais em si mesmo do que em Deus.

Devemos confiar no Senhor mais do que em nós mesmos porque, confiando Nele, temos coragem para ousar na nossa vida espiritual e em tudo o que diz respeito à vida humana, seja para as pequenas ou grandes escolhas e decisões, seja para escolher uma profissão, uma pessoa para namorar e casar, seja nos negócios. Em tudo nossa confiança em Deus deve estar em primeiro lugar.

Satanás criou o positivismo para tentar anular na vida das pessoas vários ensinamentos de Deus, como:

 “Confia ao Senhor a tua sorte, espera nele, e ele agirá.” (Sl 36,5)

“Quem confia em sua riqueza cairá, enquanto os justos reverdecerão como a folhagem.” (Pr 11,28)

“Confia teus negócios ao Senhor e teus planos terão bom êxito.” (Pr 16,3)

“Quem confia em sua riqueza cairá, enquanto os justos reverdecerão como a folhagem.” (Pr 11,28)

“O homem leal será cumulado de bênçãos; o que, porém, tem pressa de se enriquecer, não ficará impune.” (Pr 28,20)

“As vigílias para enriquecer ressecam a carne, as preocupações que elas trazem tiram o sono”. (Eclo 31,1)


A ESPERTEZA DO ESPERTALHÃO ESTÁ DANDO CERTO NA VIDA DE MUITA GENTE

O que o espertalhão quer é perder as almas. Para perdê-las, ele precisa afastá-las de Deus; para afastá-las de Deus, ele as distrai; para distrair as almas, ele, como príncipe deste mundo, inventou muitas coisas DIRETAS para as almas que não querem crer em Deus, para as que fazem pacto com ele, e INDIRETAS para as pessoas que creem em Deus e nada querem com Satanás.

Para estas pessoas boas, bem intencionadas, desejosas de se salvarem, o inimigo criou muitas coisas imperceptíveis, muitas armadilhas bem escondidas. Por isso, nosso Salvador nos diz para vigiarmos e orarmos para não cairmos nas seduções do mundo, de nós mesmos e do maligno.

Muitos católicos bem intencionados caíram em algumas armadilhas que estão lentamente os paralisando espiritualmente. Muitos católicos não percebem que seus pensamentos e comportamentos indicam que eles estão se afastando dos ensinamentos de Deus.

Nos tempos em que vivemos, as pessoas estão sendo obrigadas a ficar em casa, não podem abrir as empresas, não podem viajar de um país para outro. Em alguns estados, as pessoas não podem caminhar em praças, nem praias, as igrejas estão sendo obrigadas a fechar pela segunda vez, não podem funcionar normalmente para Batismo, Confissão, Missas. Estamos vendo o mundo todo parando. Por quê?

Deus está permitindo o mundo passar pelo que nunca passou antes, mas a maioria das pessoas considera que o que está acontecendo vai passar e o mundo voltará ao normal. As pessoas rezam pedindo a Deus a normalidade da vida, como se fosse normal, bom e certo, o mundo viver como está vivendo.

COMO O MUNDO ESTÁ VIVENDO?
O mundo está vivendo com indiferença ao seu Criador.

Os católicos esqueceram Deus, assim não sabem mais o que é ser católico. A maioria das pessoas, que se dizem católicas e vão a igrejas aos domingos para a Missa, não sabe o que é viver a fé católica no amor e obediência à Palavra de Deus e à Doutrina da Igreja.
A maneira que se comportam dentro da igreja revela que não conhecem nem têm temor de Deus.

O QUE VEMOS DENTRO DA IGREJA?
Vemos conversas, risadas;
Mulheres com suas roupas decotadas, seminuas;
Homens de bermuda, camiseta, boné.

MUITOS DESTES “CATÓLICOS” ACHAM QUE:
– Devem condenar, com força, o que eles consideram pecado e corrupção social, mas não querem se impor ao mal com vida de submissão a Deus.
– Não precisam perguntar a Deus o que Ele diz sobre o que é pecado.
– Não precisam se empenhar com força oracional na luta contra o pecado e a corrupção social.
– Só precisam denunciar e reclamar do mal, mas não precisam se opor com oração, jejum, inteligência espiritual e humana a esse mal.
– O aborto é direito e saúde da mulher.
– Que Deus criou as pessoas livres para elas viverem como acharem melhor e se sentirem felizes.
– Que todas as religiões são iguais.
– Que as crianças não devem ser educadas na fé católica; que quando crescerem escolherão que religião seguirão.
– Que igreja é para adultos, e não para crianças.
– Que ir à Missa, ao grupo de oração, rezar o terço substitui a conversão, a leitura da Palavra de Deus, o jejum, e as penitências. Não entendem que nessa pequena lista tudo é necessário.

É triste falar do estado espiritual de como se encontra a maioria dos membros de nossa Igreja. Os ‘’católicos’’ não querem reconhecer que se rebelaram contra Deus de modo indireto, pois dizem crer em Deus, mas fazem suas vontades, e não, a de Deus. Sem perceber, os católicos estão em rebelião contra Deus.

Os católicos pedem que Deus livre o mundo da pandemia que pode matar o corpo, não pedem para ser livres do pecado que mata a alma; não pedem a Deus ajuda para se converterem; não pedem perdão de seus pecados; não pensam na salvação de suas almas. Têm mais medo do vírus chinês do que do pecado. As palavras “hospital, médico, remédio e vacina” estão em suas cabeças e no centro de sua atenção interior, mais do que as palavras “Deus, Mandamentos, salvação eterna, Céu”.


COMO DEUS VÊ ESSES CATÓLICOS DESOBEDIENTES, E O QUE DEUS QUER DE NÓS EM RELAÇÃO A ESSES NOSSOS IRMÃOS DE FÉ NA MESMA IGREJA?

Deus vê as pessoas dele com amor, muito amor. Deus recrimina seus atos, detesta o mal, mas ama suas pessoas. Deus quer salvar suas almas, mas quer que O procurem de todo o coração, pedindo perdão de seus pecados. Deus quer salvar todos os que quiserem ser salvos pela fé em Seu Filho. Para isso, enviou Jesus Cristo. Jesus veio para nós, os pecadores. Jesus veio nos salvar.

Quanto a nós que amamos a Deus, que O conhecemos, que temos consciência do que agrada e desagrada a Deus, devemos orar, interceder, fazer reparações, jejuns, rezar muitos Rosários pela salvação de nossos irmãos e pela nossa própria salvação.

Não devemos nos impacientar com o que vemos de errado neles. Não somos os juízes de suas vidas. Só Deus pode julgar, é o único que julga com verdadeira justiça. Nós???!!!! Nós não devemos julgar e condenar nossos irmãos católicos e os não católicos que não sabem discernir a mão direita da esquerda. Nosso bom e misericordioso Deus disse ao profeta Jonas em relação às pessoas que se arrependeram de seus pecados na cidade de Nínive: “E então, não hei de ter compaixão da grande cidade de Nínive, onde há mais de cento e vinte mil seres humanos, que não sabem discernir entre a sua mão direita e a sua mão esquerda, e uma inumerável multidão de animais?…” (Jn 4,11)

POR CAUSA DOS SINAIS DOS TEMPOS, HÁ URGÊNCIA EM NOS EVANGELIZARMOS

Se evangelizarmos por amor a Deus, nós nos evangelizaremos a nós mesmos.
No serviço a Deus de evangelização das pessoas, devemos procurar ser, para com nossos irmãos, mansos e humildes de coração, como Jesus é. Nessa mansidão e humildade, há uma poderosa ação da paciência unida à fé, da qual Deus se utiliza como quer para o bem de todos, os que evangelizam e os que são evangelizados.

Se evangelizarmos com vida sacramental, oração, jejuns, sacrifícios, muitos Rosários rezados, estaremos evangelizando também a nós mesmos.

Se evangelizarmos com a humildade que é a ousadia de confiar totalmente na ação do Senhor, estaremos evangelizando também a nós mesmos.

Se evangelizarmos nossos familiares, colegas de estudo, trabalho, com comportamento cristão, mansidão, paciência, paz, alegria interior, falando o necessário, às vezes com mais silêncio do que com muitas palavras, estaremos evangelizando também a nós mesmos.

Se evangelizarmos querendo converter as pessoas, não a nosso modo, para convertê-las aos modos do Senhor, estaremos evangelizando também a nós mesmos.

Se evangelizarmos por puro amor a Deus, por interesse somente na salvação das almas, por desejo que venha a nós o Reino de Deus, não desanimaremos por causa dos fracassos, pois cremos que Deus está agindo de modo que não vemos, nem entendemos. Nessa postura estaremos evangelizando também a nós mesmos. Se estivermos realmente evangelizados, estaremos preparados para enfrentar as adversidades.

Deus, que é bom, misericordioso e poderoso, abençoe-nos a todos.
J.V.


7 comentários

  1. Ao lê-la essa leitura riquíssima, minha alma se revigirou de tal maneira que daqui por diante,mudarei meu modo de pensar e de agir em diversos sentidos e sei que Deus me auxiliará nessa convicção. OBG SENHOR POR ME DAR ESSA OPORRUNIDADE DE RECOMECAR🙏

  2. Isso ,sim, é tornar- se um homem rico, cheio do conhecimento da verdade, com uma formação belíssima dessa, podemos dizer que somos ricos, pois temos a graça de sermos formados em Cristo Jesus. Deus tenha misericórdia de nossas almas por muitas vezes vivermos na ignorância, correndo um sério risco de perdermos a salvação eterna.

  3. Depois da leitura fui pra oração senti muito a presença de Deus e tive sonhos fortes e significativos que me fez ver mais ainda que tenho que me recatar em vigilante vida de oração.

  4. Eu, estava precisando dessa formação. Você também tava? Logo que li passou o sono e me senti convidado a entrar em oração e meditação. Pela riqueza que é este ensinamento.

Escreva seu comentário