VOCAÇÃO DE JESUS!
Deus seja amado com todas as forças de nosso coração e de nossa alma.

MEDITAÇÃO ESCRITA EM: 27/04/2020

Antes de iniciar a leitura dessa meditação, aconselho você a se preparar interiormente através desse método de RECOLHIMENTO DIANTE DE DEUS.
https://vocacaodejesus.com/meditacao/recolhimento-diante-de-deus/

DEUS DOTOU A ALMA DE QUALIDADES RARAS E SUPERIORES QUANDO A CRIOU À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA

Para onde se inclina a alma que Deus deu ao homem e à mulher?
Para Deus.

A alma tende naturalmente para o Altíssimo. Sedenta de sua riqueza extrema, a alma busca espontaneamente sua origem, não sua história, busca seu Criador.

A alma em nosso corpo nos arrasta, não para qualquer lugar, qualquer coisa. Nos arrasta para o Deus único. Nossa alma é apaixonada por Deus, quer ser amada e amar. Quer ser preenchida da única vida que pode preenchê-la: a Vida de Deus, Deus e sua Vida. Deus Vivo.

No momento que criou cada alma, Deus a acariciou, a amou, não maltratou, a olhou, não olhou por olhar, a olhou para Si, querendo-a para si mesmo. Prendeu-a com seu desejo de tê-la só para Si, pois estava deslumbrado com sua criação, criada para ser livre e feliz, admirável e eterna.

Deus dotou a alma de qualidades raras e superiores quando a criou à Sua imagem e semelhança. Deus a olhava e se admirava. A alma era livre, livre como se fosse Deus, livre para escolher amar ou desprezar seu Criador. A alma se sentia atraída pela beleza de Deus, Deus se sentia atraído pela beleza da alma. Criador e criatura se admiravam. Se queriam, se desejavam.

Deus já sabia o que a alma veio a saber no átimo de sua criação, ela soube que teve princípio, mas não teria fim; soube e sentiu que Deus a amava, que ela amava e sempre amaria seu Deus; soube que os dois seriam felizes em perfeita união por toda a eternidade; soube que seu nascimento na existência não teria fim e sim vida. Que jamais morreria, que não poderia morrer. Que jamais seria infeliz, pois criada em felicidade, foi a eterna felicidade que lhe foi dada de modo irrevogável.

Soube mais coisas ainda e tudo o que soube no momento de sua criação foi gravado em sua alma de modo secreto, se tornou segredo de Deus, pois a alma deveria usar de seu livre arbítrio para escolher, sem ser forçada, se amaria ou desprezaria a Deus.

A liberdade dada à alma exigiu que Deus escondesse dela o conhecimento e sentimento que lhe tinha dado, conhecimento e sentimento que a fazia buscar no amor o amar seu Deus. Um véu caiu sobre o conhecimento e sentimento da alma, que em sua limitação deve usar a liberdade para provar que ama a Deus livremente, buscando por Ele como for capaz de amá-Lo, com o pouco conhecimento e sentimento que pode usar livremente.

Se usando de sua liberdade a alma buscar a Deus de todo o seu ser, o conhecimento e sentimento irão aumentando em um grau não limitado por Deus, pois a vontade, o desejo, o esforço para amar e se unir a Deus são recompensados por Deus com poderosas graças divinas segundo a intenção que a alma tem de amar seu Deus.

Pergunta!

Qual é o tamanho da vontade, do desejo, do esforço de nossas almas para amar a Deus?
Se a vontade de nossa alma, o desejo e esforço por amar a Deus for grande, nossa alma entrou pela porta estreita da salvação.

Por favor, pegue sua Bíblia, leia e medite com o Evangelho de São Mateus, capítulo sete, versículo treze ao vinte (Mt 7, 13-20):

MATEUS – CAPÍTULO 7

  1. Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz à perdição e numerosos são os que por aí entram.
  2. Estreita, porém, é a porta e apertado o caminho da vida e raros são os que o encontram.
  3. Guardai-vos dos falsos profetas. Eles vêm a vós disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos arrebatadores.
  4. Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinhos e figos dos abro­lhos?
  5. Toda árvore boa dá bons frutos; toda árvore má dá maus frutos.
  6. Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má, bons frutos.
  7. Toda árvore que não der bons frutos será cortada e lançada ao fogo.
  8. Pelos seus frutos os conhecereis.”

Deus, que é bom e poderoso, seja continuamente louvado e amado.
Deus abençoe a todos nós.
J.V.

Escreva seu comentário