Lhe faço um convite especial! Una-se a nós em oração. Estamos reunidos de duas maneiras: às Quartas-feiras através da nossa LIVE ORACIONAL DA VOCAÇÃO DE JESUS no Canal da Vocação de Jesus no Youtube. E também você pode fazer parte de um dos nossos Grupos de Oração Online. Para saber como participar, envie um email para vocacaodejesus@gmail.com.

Se você aceitar o convite para orar, seja conosco ou sozinho, lembre-se das Palavras de Jesus:

“Quando vos puserdes de pé para orar, perdoai, se tiverdes algum ressentimento contra alguém, para que também vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe os vossos pecados.”

(Mc 11, 25)

Uma vez que perdoamos a todos os que nos ofenderam, vamos orar.

QUANTO MAIS PESSOAS ORAREM, MAIS PESSOAS DESPERTARÃO PARA COMPREENDER E RECEBER EM SUAS VIDAS AS BÊNÇÃOS DE DEUS.


ALGUNS MOTIVOS PARA VOCÊ SE JUNTAR A NÓS EM ORAÇÃO:

Quando Jesus diz: “Vigiai e orai para que não entreis em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca” (Mt 26,41), a que tipo de tentação Jesus se refere? Refere-se a todas elas?

São Tiago diz que “cada um É TENTADO pela sua própria CONCUPISCÊNCIA, que o atrai e alicia” (Tg 1,14). Concupiscência é o desejo de satisfazer a sensualidade, satisfazer a carne. Todos nós, que estamos na carne, temos que procurar conhecer qual é nossa maior fraqueza, pois é nesse ponto fraco que o tentador ataca. “Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar”. (1Pd 5,8)

MESMO SEM SABER SE JESUS TINHA PONTOS FRACOS, SE TINHA FRAQUEZAS, O DEMÔNIO FOI TENTAR JESUS, NOSSO SENHOR E SALVADOR.

O demônio tentou Jesus em relação ao amor, ao dinheiro, ao poder e às vaidades passageiras. Será que a carne de Jesus iria ceder ao que lhe era oferecido pelo demônio?

RELENDO A HISTÓRIA:

“O demônio transportou-o uma vez mais, a um monte muito alto, e lhe mostrou todos os reinos do mundo e a sua glória, e disse-lhe:
– Dar-te-ei tudo isto se, prostrando-te diante de mim, me adorares.
Respondeu-lhe Jesus:
– Para trás, Satanás, pois está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás (Dt 6,13)”

(Mt 4, 8-10)

O DEMÔNIO ARRISCOU TENTAR JESUS E FOI DERROTADO

Jesus não tinha interesse no que o demônio lhe ofertava, coisas que, se fossem aceitas, levariam sua submissão aos desígnios de Deus ao fracasso.
Será que nós somos, se não somos, queremos SER SUBMISSOS AOS DESÍGNIOS DE DEUS em nossas vidas?

Jesus não estava interessado na prosperidade no mundo como o demônio sugeria de modo direto. “- Dar-te-ei tudo isto se, prostrando-te diante de mim, me adorares.”
Jesus também não aceitaria o jeito indireto mais comum e escondido de como o demônio, de modo invisível, oferece a riqueza, o sucesso social, as alegrias sem sentido, as conversas fúteis das festas, com o panorama de corpos seminus de muitas mulheres, as danças com gestos imorais, os olhares fatais da sedução carnal, a perda da moderação com as bebidas, o início da dependência das drogas, os prazeres sem fim que o dinheiro pode comprar. Jesus não queria essa “riqueza”, esses “prazeres” que levam ao inferno.

PS:

Não estou dizendo que a riqueza condena. A riqueza nem sabe que existe. Quem se condena é o rico, se usar mal a riqueza. Porém, se o rico usar bem sua riqueza, ele se salva, pois seu coração está em Deus, não na sua riqueza. O TÚMULO NO QUAL JESUS FOI ENTERRADO ERA DE UM HOMEM RICO: “À tardinha, um homem rico de Arimatéia, chamado José, que ERA TAMBÉM DISCÍPULO DE JESUS, foi procurar Pilatos e pediu-lhe o corpo de Jesus. Pilatos cedeu-o. José tomou o corpo, envolveu-o num lençol branco e o depositou num sepulcro novo, que tinha mandado talhar para si na rocha. Depois, rolou uma grande pedra à entrada do sepulcro e foi-se embora.” (Mt 27, 57-60)

Jesus diz: “BEM-AVENTURADOS OS QUE TÊM UM CORAÇÃO DE POBRE, PORQUE DELES É O REINO DOS CÉUS!” (Mt 5,3). Quer dizer que, se o rico tem um coração de pobre, ele se salva; mas se o pobre tiver um coração de rico, ele deseja mais a riqueza do que a Deus, esse pobre se condena, pois mesmo sendo pobre, tem o coração no que não pode lhe salvar.

Pois bem!

  • Onde está nosso coração? O que nós mais queremos? O que mais amamos?
  • O demônio está me tentado para eu amar a Deus e ao dinheiro ao mesmo tempo?
  • O demônio está me tentando para eu me preocupar mais em ganhar dinheiro do que em trabalhar para minha salvação?
  • O demônio está me tentando para eu ter preguiça de orar, ter muita vontade de conversar com os amigos, passar mais tempo vendo filmes ou programas bobos de TV, passar mais tempo com outras coisas, como no celular, de modo que me esqueço de orar ou nem percebo a necessidade que minha alma tem de vigiar e orar para não cair em tentação?
  • Estou mais concentrado e dedicado nas minhas responsabilidades profissionais do que na responsabilidade que devo ter sobre minha alma para não perder minha salvação?
  • Já parei para pensar se existe alguma coisa e que coisa é essa que me atrapalha ou me impede de orar como eu deveria orar?

“Que servirá a um homem ganhar o mundo inteiro, se vem a prejudicar a sua vida? Ou que dará um homem em troca de sua vida?…”

(Mt 16, 26)

Pense sobre essas perguntas que faço a mim e a você.
Convide outras pessoas para orarem conosco nas nossas LIVES ORACIONAIS e nos GRUPOS DE ORAÇÃO ONLINE.
Incentive as pessoas a orarem todos os dias, e Deus abençoará você mais ainda.

Deus, que é bom, misericordioso e poderoso, abençoe-nos e nos abençoe mais.
J.V.


Escreva seu comentário