Meditação para o Dia 01 de Junho

Um dia, Nosso Senhor, cheio de ternura e de compaixão pelos sofrimentos que nos acabrunham, abriu seus braços, num gesto de amor, e exclamou:

“Vinde a mim, vós que sofreis e estais sobrecarregados, e Eu vos aliviarei” (1)

Que bondade do coração de Jesus! Quer consolar-nos a aliviar-nos das amarguras da vida. E são tantas! Que nos há de consolar neste mundo?

“Os homens – diz Jó – são consoladores importunos. Só Nosso Senhor, só Ele,Bondade Infinita, Abismo insondável de misericórdia, pode aliviar-nos do peso quase insuportável dos sofrimentos da vida!”

Nas nossas aflições, vamos ao Sacrário. Acharemos ali o coração misericordioso de Jesus, tão amável e tão amante, à nossa espera, para nos aliviar. É o mesmo Jesus que outrora enxugou, na Judeia, as lágrimas de dor e saudades da viúva de Naim, e de Jairo, e das irmãs de Lázaro; Jesus, que consolou e perdoou a Madalena; que ouviu as queixas e gemidos dos enfermos, dos leprosos e dos miseráveis que O seguiam à beira das estradas; Jesus do Evangelho, o Filho de Maria, real e verdadeiramente presente como está no Céu. Não estamos acostumados a ouvir falar na presença real de Nosso Senhor Jesus Cristo no Sacrário e no Altar? Ah! Se tivéssemos fé, ó doce Jesus, sofreríamos muito menos. Só o pensamento da Vossa presença real no Sacrário a nos dizer – “vinde a Mim!” – só isto nos consolaria de todos os sofrimentos e penas desta vida!

Referências:
(1) Mt 9, 28



QUER VER MEDITAÇÕES PARA OUTROS DIAS?
ACESSE A PÁGINA DO BREVIÁRIO DA CONFIANÇA


(Brandão, Ascânio. Breviário da Confiança: Pensamentos para cada dia do ano. Oficinas Gráficas “Ave-Maria”, 1936, p. 168)


POSTS RECENTES


Escreva seu comentário